As vantagens e as desvantagens de morar no Japão



Oi, galera do AJ, como vocês estão? Eu sou a Bianca e esse é o meu primeiro post aqui, yeeeyyy!!!!
Como eu moro do outro lado do mundo, pra vocês, resolvi escrever sobre como são as coisas por aqui. Mais precisamente, as vantagens e as desvantagens de morar no Japão. Simmm, na Terra do Sol Nascente. Sol, Solzinho
Pra começar queria dizer que AMO morar aqui, é tudo tão diferente e organizado. Melhor decisão da vida foi eu ter vindo pra cá. Com certeza, nasci no país errado! hahahaha Enfim, vamos logo com isso:

Vantagem número um: Organização (pra tudo)


Pode ser em shows, festivais, lojas, super mercados e ate mesmo nos lixos. Tudo é completamente organizado.
Por exemplo: todo tipo de lixo é separado ainda dentro de casa e depois reciclado.
Os japoneses são muito focados tanto no trabalho, quanto na vida pessoal, isso faz com que eles executem seu serviço com perfeição.
Outro exemplo é em festivais, grandes ou pequenos, ninguém vai te pisotear tentando passar por cima de você, na hora que o seu artista preferido estiver no palco, e na hora de fazer fila, cada um no seu devido lugar, um atrás do outro, na famosa fila indiana. 

Uma foto publicada por BIANCA (@biancaik) em


Desvantagem número um: Língua


Acho que a maior dificuldade de morar fora do seu país de nascença é aprender outra língua, e é ainda mais complicado quando a língua é MUITO diferente da sua.
Eu estou aqui à quase dois anos, e não aprendi quase nada, isso porque no Japão existe a maior concentração de brasileiros everrrr, aí a gente acaba se acomodando.
Mas óbvio que sempre vai ter uma situação em que ninguém vai ta ali pra te ajudar, ai, meu amigo, tem que apelar pra mímica, e eles fazem mesmo! Em varias situações que eu não conseguia entender, o japonês me puxava e tentava me explicar mais e mais ate que eu entendesse, uns fofos.

Vantagem número dois: Segurança


Sabe o que é você poder sair nas ruas no meio da noite sem se preocupar em ser assaltado, ou coisa pior? Pois é, eu também não tinha a menor ideia do que era isso. Mas aqui você pode!
 Ir á uma loja de conveniência no meio da noite, sacar dinheiro, e voltar a pé pra casa sem ser sem parado por um cara apontando uma arma pra sua cabeça, é mais que normal por aqui.

Desvantagem número dois: Clima

Calor de 50 graus, e frio de -5, isso mesmo. Por mais que no Japão as estações sejam certinhas, todas no seu tempo certo, as meias estações aqui duram quase nada.
Neve é legal, daora, bonito? É! Mas longe de mim hahaha só pra bater uma foto pro Instagram e pronto.
Aqui faz realmente muito frio, é desesperador ter que acordar cedo pra ir trabalhar no inverno. E no calor então, você já acorda suando.

Uma foto publicada por BIANCA (@biancaik) em


Vantagem número três: Pontualidade


Sabe quando você chega no ponto de ônibus e já tem que perguntar pra pessoa ao lado se ônibus ja passou? Pois é, quantas vezes já passei por esse desespero no Brasil. Chegava 10min antes, e as vezes ele ja tinha passado, ou pior, chegava na hora certa e mesmo assim tinha que ficar esperando por um longo tempo ate que meu ônibus chegasse. Aqui não tem essa não, tá marcado um certo horário, o ônibus, pessoas, artistas etc vai estar lá no exato minuto.
Esse é um dos pontos que mais me impressiona por aqui. Pros japas, chegou atrasado em algum compromisso, é falta de respeito.

Desvantagem número três: desastres naturais.


Terremoto, maremoto, tufão... São quase comuns aqui, todo mundo tem preparação pra enfrentar esses tipos de acontecimentos. Seja nas escolas, no trabalho, desde pequenas as crianças são informadas e treinadas pra isso.
Eu nunca passei por isso (ainda), mas na hora, acho que vou me desesperar e esquecer tudo o que eu tenho que fazer hahaha.
É claro que o país não podia ser perfeito em tudo. O que o Japão não tem de ataques humanos, tem de ataque da natureza, o que eu não sei o que é pior.
Mas aqui nós temos uma infraestrutura enorme de prevenção contra essas causas, então, podemos ficar mais tranquilos. 

Vantagem número quatro: Hospitais e transportes públicos.


A coisa que mais me comoveu aqui, foi quando eu vi um cadeirante pegando ônibus. O motorista se levantou do seu acento, parou e desceu pra fora do veículo   uma esteira, onde ele empurrou o cadeirante pra dentro do ônibus e o prendeu no cinto de segurança. Nessa hora meus olhos já estavam cheio de lágrimas, quase sem acreditar no que via. Nunca, jamais, no Brasil presenciei algo do tipo. Saber que existe igualdade aqui é incrível.
E os hospitais são todos um luxo, ate mesmo os públicos. Não são de graça, mas leva a vantagem de ser eficiente e rápido. Ninguém vai morrer esperando na fila.

Então foi isso, galera. Espero que vocês tenham gostado de conhecer um pouquinho de como é a vida aqui, e sim, tem muito mais, mas não escrevi tudo senão o texto teria varias paginas hahaha. Um beijo, e até mais! Mãos Batendo Palmas, Aplauso, Aplaudindo, Emoticon
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um Comentário: