Já tive muitos critérios, hoje só vários delírios!


Se for maturidade ou infantilidade eu não preciso saber, porque eu luto é contra o óbvio e sei que dentro de mim há um infinito de possibilidades. Pareço-me com um camaleão que posso ser tudo, mas também posso não ser nada. Vivo a vida aproveitando as oportunidades muitas vezes guardando os critérios na gaveta e viajando nos meus delírios. Porque de absoluto na vida só o ar que eu respiro, o resto é teoria.
Existem pessoas mais velhas que não são maduras comportando como crianças, como existem pessoas novas, que, tornam-se maduras. A idade não define a maturidade, pois em cada fase da vida há oportunidades de demonstrarmos quais seriam as nossas atitudes perante as situações.
Hoje estou mais maduro e, extremamente, seletivo em todos os sentidos...
Decepções e alegrias sempre me acompanharam...
Amores e amigos tornaram-se “atuais” e “ex”...
Fiz e fizeram muitas coisas erradas...
Menti e mentiram pra mim...
Sofri e fiz sofrer...
Ri muito e chorei bastante...
Amei e fui amado...
Pensei que amava e pensaram que me amavam...
Pessoas que pensei que me ajudariam, me chutaram...
Outras que achei que me chutariam me carregaram no colo...
No final de tudo aprendi que perfeito só Deus, mesmo...
E que de nada adianta exigir e ser exigido...
Devemos aprender primeiro e ensinar depois...
Algumas vezes não temos paciência para ensinar...
E nem tão pouco para aprender...
Por não termos essa paciência, acabamos deixando de aprender coisas importantes...
E deixamos de ensinar coisas essenciais...
Muitos de nós queremos ensinar, mas sem ter aprendido...
Outros acham que não precisam aprender, por acreditarem que já sabem...
Hoje sei que já aprendi bastante, continuo e quero continuar aprendendo, porém creio que não saiba ensinar...
Ou não saibam aprender...
Por isso, decidi apenas aprender, aprender e aprender...
Ensinar? Quem sabe um dia...
Quando encontrar alguém que queira trocar experiências...
E não alguém que pensa que já sabe tudo.
Não vivam como os ignorantes, mas como sábios. Os dias em que vivemos são maus, por isso aproveitem bem todas as oportunidades que vocês têm!


ESCRITO POR:
Elissandro Persil  é fundador do About Jovem, acredita que viver é bom, viver conectado é melhor ainda. Aos 21 anos, o pernambucano que atualmente reside no interior de São Paulo, trabalha em uma multimarca, é estudante de Publicidade e Propaganda, divide seu tempo com colaborações em outros sites e blogs. É entusiasta do compartilhamento de conhecimento e da interação com seus leitores.
http://facebook.com/elissandroo  https://twitter.com/elissandroo 
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um Comentário: