Eduardo Corrêa

O Duh tem 17 anos, reside em São Paulo (SP), sonhador, companheiro, brincalhão, vocalista e baixista da Banda GLEP.


- Como é o seu dia a dia?
De segunda a sexta passo minhas manhãs no colégio, e na parte da tarde to sempre fazendo algo que beneficie a banda, desde compor até a parte da divulgação! O final de semana é 100% focado na GLEP, é onde rola os shows, gravação, sessão de fotos etc.. não sobra fôlego pra mais nada.

- Qual é o tipo de pessoa que você gosta de lidar?
Pessoa hiperativa, sempre querendo fazer algo, sem tempo ruim pra nada! 

- Existe algum motivo em especial para esse tipo de pessoa ser ideal para você?
Sim. Também me considero muito hiperativo, logo, não me dou bem com pessoas que estão sempre fazendo corpo mole pras coisas, Mas nada contra (risos).

- Você está namorando alguém no momento ou está disponível?
Estou online para garotas!


- Você tem alguma qualidade que chame atenção?
Física? Costumam dizer que meus olhos são bonitos! (risos)

- Sobre sonhos a realizar. Você tem algum?
Meu sonho se resume na GLEP, minha banda. Vivo a lutar pra que ela der certo e a gente possa tocar pelo Brasil inteiro, esse é meu maior sonho.

- Tem medo de ficar sem?
Minha família.

- Um livro?
Porta Dos Fundos.


- Um ídolo?
É realmente estranho, mas ainda não consegui definir um ídolo pra mim. Existem pessoas que admiro muito, como: Gene Simmons (Kiss), Maurício Gasperini (Radio Taxi), Samuel Rosa (Skank) e por ai vai.

- Uma frase?
"Milagres acontecem quando a gente vai à luta." Sérgio Vaz.

- Brasil?
Mulheres.

- Um site?


- Eu amo?
Minha Família, amigos e a música.

- Uma música?

- Mania?
Cantarolar.

- Primeiro beijo?
Foi com 9 anos, a menina tinha 13.

- De Eduardo para Eduardo. Quem é Eduardo Corrêa?
Sou um garoto sonhador, sempre muito feliz, sem tempo ruim pra nada. Companheiro, corro por quem ta do meu lado. Brincalhão, tentando arrumar motivos pra tirar sorrisos das pessoas a todo instante. Mais ou menos isso (risos).


Acompanhe o Duh: Facebook  Twitter Instagram YouTube
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um Comentário: