A evolução da beleza

Hoje começa uma série "A evolução da beleza" que está divida em 10 matérias aqui no About Jovem sobre modismos, curiosidades e costumes que marcam as mudanças na estética feminina!




Inicio dessa temporada é no ano de 1910: Paris é a capital da beleza. Suas damas com aura virginal desfilam cabelos longos e encaracolados. Penteados altos e rebuscados também são bem vindos, pois acomodam com facilidades enormes chapéus. Começa a Primeira Guerra Mudial (1914 - 1918) e as mulheres substituem a mão de obra masculina nas fábricas. É hora de afrouxar o espartilho, simplificar a beauté e, sobretudo, sonhar com dias melhores. É nessa contexto que a indústria cosmética encontra fôlego para crescer. Surgem produtos inovadores, como batom em formato de bastão e o pó de arroz acomodado em caixinhas - únicas maquiagem permitida para as moçãs de família. O cinema começa a revelar promissoras atrizes, que mais tarde ditariam padrões de beleza.

Damas usam chapéus com adornos variados


A atriz Mary Pickford: apenas artistas podem usar sombra nos olhos


os apertados espartilhos limitam os movimentos

Pó de arroz claríssimo para o rosto

Confira a continuação da série "A evolução da beleza: 1920"

Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um Comentário: