Piores presentes de Natal

#PapoAbout: Natal


Natal, momento mais aguardado do ano. Presentes, chocolates, decoração iluminada e árvores enfeitadas são marcas tradicionais nesse dia. Tudo vai bem até que chega a hora de abrir os presentes e tudo pode se transformar em fracasso quando você recebe um desses...



Tony Xavier: Não há nada mais decepcionante do que ganhar presente de amigo secreto, pelo menos para mim. Sabe quando você compra algo legal, que inclusive você gostaria de ganhar e ganha algo realmente traumatizante. Bom, comigo é algo que acontece desde... sempre.
Na 4ª série meus pais compraram um carrão de controle remoto para eu entregar ao meu amigo secreto, mas tipo, O Brinquedo, até eu queria um daquele. Daí chega na hora, eu entrego o meu presente primeiro, infelizmente, quando chega a minha vez de receber, acreditem ou não, ganhei uma carteira, daquelas do paraguai e uma agenda, mas o pior é que a agenda continha uma página chamada "calendário menstrual", aquilo era uma agenda feminina! Foi muito decepcionante.
Outra vez, eu já no 1º ano do ensino médio, caio na cilada de entrar num amigo secreto de chocolate. O que eu não esperava é que eu ganharia dois tabletes de chocolate, dos pequenos, tudo bem que o valor não era elevado, mas a pessoa não tinha gasto quase nada com aquilo. A sorte foi que eu tinha tirado a pessoa e a pessoa me tirado, fiquei com o meu presente e a pessoa ficou com os tabletes dela. Foi chata a situação, mas era preciso naquele momento.
Galera, quando vocês forem dar presente de amigo secreto, dê algo que pelo menos vocês queiram ganhar, caso contrário, nem participem. Evitem constrangimentos. (risos)





Thiessa Woinbackk: Quando tinha 12 anos, estava na casa dos meus avós esperando AQUEEEEELE presente, sonhando com brinquedos e me aparecem com um sapato. Ridículo isso, uma criança recebendo um sapato de presente que sentido faz isso? Pô gente, ainda tenho 12 anos quero barbie!




Felipe Roncato: Lembro muito bem quando eu tinha lá meus 10 anos, quando chegou a hora de abrir os presentes. Todas muito felizes, ai chegou a minha vez de abrir. Quando me deparei com uma infinidade de roupas que na época eu não ligava, presente para mim eram brinquedos.  Naquele natal eu não ganhei nenhum brinquedo, somente roupas... Aquele Natal não foi um Natal!




Caroline Brizeski: Quando era criança eu ganhei um biquíni amarelo, muito horrível! Era uma amarelo banana, bem amarelão!




Fabricio Herrera: Sim quando eu era criança sim queria brinquedo ganhava roupas.




Anna Luiza Roquete: Ganhei um pirulito daqueles que acedem no Natal, que você põe no dedo e fica chupando? Não foi legal! A minha tia que me deu, eu fiquei tipo (o.O) e eu tinha uns 12 anos estava  esperando que ia ter alguma coisa legal.




Henrique Muraro: Eu sempre gostei muuito de animais, isso não é segredo pra ninguém. Quando eu tinha 12 anos, eu estava alucinado por um jogo de computador que se chamava ''Zoo Tycon'', ele é tipo um The Sims misturado com Sim City, era incrível. Eu passei meeeeses babando por este jogo e minha mãe nunca me dava pois era muito caro. Quando finalmente chegou próximo do natal e foi minha deixa: MANHÊEE eu quero de presente um Zoo Tycon. Ela comprou e como uma boa mãe (ou não) ela não me deixou abrir antes da meia noite do dia 24. Então ás 00:00:01 eu já estava abrindo o jogo alucinadamente chorei de emoção, abracei todo mundo e corri pro computador (foda-se ceia, foda-se família, foda-se Papai Noel), me enfiei dentro do quarto e lá fiquei, comecei a instalação do jogo e para minha lamentação... o meu computador não tinha todos os requisitos necessários para rodar o jogo. PRAQUÊ?! Abri um berreiro comecei a chorar, praguejar Papai Noel, minha mãe e meu pai, computador, Natal, meu cachorro. Passei mal, fiquei doente na semana seguinte não queria nem comer. O jogo que tanto esperei, não rodava no meu computador.  Quatro meses depois teve um final feliz, meu pai comprou um computador novo só pra poder rodar o bendito jogo.




Wedja Alves: Eu era de uma igreja evangélica, no Natal fizemos um amigo secreto. Comprei um presente bem lindo e acabei recebendo uma meia. Genteee, quase chorei!




Pedro Brandão: Uma vez estava esperando um presentão da minha avó, quando abri o presente era um perfume que eu já tinha. Bad total!




Fernanda Dallan: Uso alargadores desde que tenho 14 anos! Hoje tenho 20 e é inevitável: todo natal eu ganho brincos. É frustrante, mesmo a minha família toda sabendo dos meus alargadores e sabendo que eu não uso brincos, alguém sempre me da isso. Não sei se é por distração, ou porque a maioria das pessoas compram presentes para os outros pensando nelas mesmas e nos seus gostos pessoais... Aí eu faço aquela cara de pastel, tentando fingir que gostei, agradeço e, no dia seguinte, minha mãe e minha irmã acabam ficando com os acessórios.




Matheus Fioramonte: Ganhei uma camisa de um clube de futebol que eu odeio, foi só zoeira de um amigo, foi legal, engraçado, mas ele poderia gastar dinheiro com algo que eu realmente gostasse!




Teka Mafra: Presente que estava em um embrulho lindo, porém quando eu abri era um CD do Restart, acho que foi mais que fail!




Douglas Amorim: Maldade é presentar com animais, por mais que se tenha a melhor das intenções.




Amanda Teixeira Valbuza: Ah, com certeza! Quem nunca? Normalmente eu sempre descubro o que vou ganhar antes, mas já aconteceu de eu achar que era uma coisa e na hora não ser nada do que imaginava. Triste!




Alexandre Tercini: Em um amigo secreto, eu dei uma sandália para a garota que tinha tirado e quem me tirou me deu um bichinho virtual. É natal pô, não dia das crianças!




Rafaela Peres: Foi no amigo secreto da minha família, meus primos me sacanearam e me deram um par de meia de listrado, uma merda!




Kevin Souza Teixeira: Avós sempre acham que os netos “não crescem” e ano passado me deu um par de roupas estampada e com cores que eu não curto muito. Pra agradar tive que falar que gostei, e na ceia que fazemos todo ano ela queria que eu usasse... tive que dar uma desculpa e o presente esta guardado ate hoje porque foi com carinho mas não faz o meu tipo literalmente.




Ana Carolina R: Tem uma amiga da minha mãe que em um certo natal me presenteou com um pijama, era muito lindo! Porém, o que eu não esperava é que nos dois natais seguintes ela iria dar O MESMO pijama pra mim! Embasado essa situação!






Uliane Tatit: Ah, com certeza isso já aconteceu. Mas isso foi quando eu era mais nova, achava que se não ganhasse o presente "x" já era ruim, o que nem sempre acabou sendo, às vezes eu pensava "putz! que saco", mas depois gostava... Agora, nem sinto mais isso, acho que o que vir está ótimo. A intenção, a data e a união é que importam.




Henrique Buttler: Para ser sincero, o que eu não curti receber foi "não receber" presente. Sempre gosto de tudo o que eu ganho, por mais banal que seja. Mas não ganhando nem um cartão sequer, a gente se sente meio depressivo. Parece que você não foi lembrado.



E se você está pensando em dar ou receber um desses presentes então fuja deles, faça seus familiares e amigos felizes. Porque o natal é alegria e muitos “BONS” presentes!!!

07/12/2013
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um Comentário: