Confira o que rolou no quarto dia do Rock in Rio 2013



As reações e as estampas de camisas da plateia deixaram claro: a maioria nesta quinta-feira (19) foi até a Cidade do Rock para ver o Metallica. As 85 mil pessoas vibraram muito mais com a banda californiana do que com qualquer outra. Em outros shows, foi comum ouvir gente pedindo Metallica, inegavelmente donos do melhor show da noite. Mas o primeiro dia do metal teve, claro, outras bandas que se destacaram, positiva e negativamente. No Palco Sunset, a plateia chegou mais cedo do que no primeiro fim de semana. Sebastian Bach e Robie Zombie fizeram shows concorridos, mas as bandas brasileiras que tocaram antes também tiveram apoio maior do que de costume. Zombie apresentou um "filme de terror ao vivo" e Sebastian mostrou hits do Skid Row e pose de ex-galã.

Fãs do Metallica durante show no Rock in Rio 2013 - Ivan Pacheco

O Palco Mundo teve o replay do show do Sepultura com o grupo francês de percussão Tambours du Bronx. Depois do som pesadíssimo, a reação ficou aquém do que se espera de uma atração principal. O sexteto sueco Ghost conseguiu o título de pior show. A "missa satânica" comandada por um Papa mais bonzinho do que macabro foi recebida com frieza. O Alice in Chains representou o grunge, com competência, pouca animação e o riff da noite, de "Man in the box". Além de dois shows mornos, o dia também teve dois problemas na estrutura: vazamento em banheiro e falta de água.

Apresentação do Metallica no Rock in Rio 2013 - Ivan Pacheco

Dois shows pouco animados antes e meia hora de atraso não esfriaram o show do Metallica, melhor da noite; de longe. A banda variou o repertório em relação ao festival de 2011, mesmo sem disco de inéditas. "Nothing else matters", "Enter sandman" e "Sad but true" continuaram, com competência usual. "Master of puppets" causou pandemônio.

Apresentação do Alice in Chains no Rock in Rio 2013 - Rodrigo Antonio

O show do Alice in Chains mudou de ares com "Man in the box". O riff, tocado com precisão por Jerry Cantrell - o centro de energia da banda - jogou a apatia do público para o lado. Só assim o cantor William DuVall pareceu sair do automático. A competência técnica não impediu que, no final do show, vários fãs se sentassem.

Apresentação do Ghost B.C. no quarto dia do Rock in Rio 2013 - Ivan Pacheco

Se o objetivo do Ghost é meter medo, o show não saiu como planejado. O sexteto sueco de metal foi recebido com frieza. A banda ouviu provocações. "Anitta", zombou um metaleiro. Outro grupinho clamou por Slayer. Havia também gritos por Metallica. Disperso, o público tomava cerveja e conversava. Para um vocalista que se diz "Papa macabro", até que o homem de frente do Ghost é simpático. "Boa noite, Rio", disse, em português. "Muito obrigado, gente", disse, pouco depois. "Vamos participar", pediu no final, quando mandou beijos. Como a música foi mal recebida, o figurino do Ghost foi ainda mais importante.

Apresentação do Rob Zombie no quarto dia do Rock in Rio 2013 - Eduardo Biermann

O cantor e diretor de filmes de terror Rob Zombie levou dois telões extras ao Palco Sunset e fez show com visual e música impressionantes. O que se viu foi um clima de "filme de terror ao vivo". Quase no final, o público saudou o músico cantando "olê, olê, olê, Zombê, Zombê". Entre as mais cantadas estiveram as da sua antiga banda, White Zombie, "More human than human" e "Thunder kiss '65".

Apresentação do Sepultura durante o quarto dia do Rock in Rio 2013 - Eduardo Biermann

"Até que enfim o dia do metal chegou!" Era Andreas Kisser do Sepultura dando vazão no microfone às reclamações sobre a avalanche pop no line-up. Diante do sucesso da apresentação conjunta com o grupo francês de percussão Tambours du Bronx na última edição, saíram do Sunset e foram "bater lata" no Palco Mundo.

Apresentação do Sebastian Bach no quarto dia do Rock in Rio 2013 - Rodrigo Antonio

Aos 45 anos, Sebastian Bach não tem a mesma potência vocal do começo (ou do meio) da carreira. E também não tem o mesmo porte e a mesma pose de conquistador. Mesmo assim, o ex-galã se deu bem no Palco Sunset com músicas do Skid Row, banda de glam rock da qual foi vocalista. "18 and life", "Youth gone wild" e "I remember you" foram as mais cantadas.
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um Comentário: